To-Do List with Inusitado


Follow Fine Alchemy:  Facebook // Instagram // Pinterest // Bloglovin 







 Ler em Português      Read in English

O que seria de nós sem uma lista de tarefas? Pessoalmente, sempre fui capaz de me lembrar claramente de todas as tarefas que tinha para fazer durante a minha semana. Contudo, desde que criei o Fine Alchemy, o blog e a minha vida pessoal sobrepuseram-se e... tornou-se mais difícil lembrar-me tudo o que necessitava de fazer (pior ainda, se tiverem uma data e hora associadas)! Foi então que comecei a perceber (ainda melhor) a importância da lista de tarefas. Mas a importância da lista de tarefas não reside somente em termos um suporte físico que nos guia nas nossas responsabilidades. É também podermos ver no final de uma semana tudo aquilo que conseguimos alcançar e que (finalmente) terminamos. Acho que este misto de responsabilidade e recompensa fazem com que se torne um utensílio que até nos ajuda na nossa auto-estima e motivação perante o trabalho. Pelo menos eu gosto de chegar ao final da semana e ver os resultados de tudo aquilo que fiz! Sabe bem! Mas...voltando à lista de tarefas.

Começando pelo suporte, sinceramente nunca comprei blocos com listas (apesar de gostar de alguns), porque sinto que automaticamente temos e seguir a grelha imposta pela marca. E quando se trata de uma lista de tarefas, sigam o meu conselho, nunca vai ser organizada e vão sempre surgir novas tarefas logo... tem de haver espaço de manobra. Por isso, prefiro usar um caderno, no qual todas as semanas uso 1/2 ou 1 página (consoante a quantidade de tarefas) e ainda o uso para escrever sobre ideias, desenhos... para tudo aquilo que precise! A única regra que uso na minha lista é fazer no fundo uma divisão entre Fine Alchemy e vida pessoal (que engloba trabalho, saúde, compromissos...). Cada um escolherá o melhor formato para si mesmo, mas neste momento uso este gênero de organização no meu novo caderno Inusitado. Lá está, ano novo dá direito a caderno novo (outra boa ideia se querem manter-se organizados). Tenho gostado muito deste caderno porque 1) tem um formato perto do A6 e pode ser facilmente transportado para reuniões ou compromissos (inclusivamente já o levei comigo) e 2) olhem bem para a cor, ainda no mês passado falei do quanto gosto deste tom de azul!!! Par a par, este caderno tem a estética e a utilidade de que necessito e procuro. E ainda par a par, tem a Ana e a Joana, as meninas que trabalham afincadamente para criar a Inusitado, uma marca que prima pela criação de artefatos bem no centro do Porto!

Como vocês já sabem, este mês é totalmente dedicado ao trabalho e ao empreendedorismo. E como vocês já me conhecem muito bem também, aproveitei logo para falar um bocadinho com estas meninas que... sinceramente deixam-me muito feliz, gosto muito de ver pessoas a criarem novos projetos e a trabalharem com aquilo que de melhor temos no nosso país! Vamos lá ver o que responderam às minhas perguntas MUITO difíceis!

1 _ Para começar a melhor forma, gostava de saber um bocadinho mais sobre vocês! Qual é a vossa formação? Os vossos hobbies? E como surgiu o amor pelo papel?

A Ana e a Joana são designers. Cruzaram-se em 2013, nas Belas Artes do Porto, no mestrado de Design Gráfico e Projetos Editoriais. Já com experiências distintas como as formações em design de comunicação e artes plásticas, correspondente, aliado ao entusiasmo óbvio que sentiam pelo papel e por este mundo, foi fácil cruzarem ideias. Com hobbies diversos, desde o cinema, à participação de exposições aos passeios intermináveis em busca da exploração de novos espaços e universos, mas sempre sensíveis aos pequenos detalhes. Comigo, Ana, o amor ao papel surge de uma forma muito orgânica, não teve propriamente um inicio definido. Desde sempre tive uma ligação muito emocional com o papel, ao utilizá-lo como meio de me expressar com o outro mas essencialmente como forma de sintetizar pensamentos. Comigo, Joana, o amor ao papel surge muito cedo, de várias formas. Apaixonada por livros, desde os figurativos até aprender a ler e devorá-los, à passagem de interferir neles, através dos sketch’s que se tornaram imprescindíveis na minha rotina diária e que exploram de tantas formas a folha de papel e o artefacto em si. A atenção à folha, ao papel, à capa, ao toque, ao cheiro, ao formato, à interação com o objeto, surge esta vontade e necessidade de criar objetos - objetos que gostamos, que nos revemos, que nos completam e alguns até solucionam problemas nossos.

2 _ Eu já sigo o vosso trabalho há algum tempo, mais precisamente desde a coleção Arquétipo (2015)! Desde aí, ando sempre a ver o que surge de novo! Mas para quem não conhece, como é que toda esta aventura começou e o porquê de terem criado agora a marca Inusitado? Já agora, porquê esse nome?

Tudo começa em 2014, ainda no mestrado e com mais duas amigas, quando desenvolvemos o Arquétipo Book. A estudarmos no Porto e apaixonadas pela cidade, começamos a vivenciar a cultura da Invicta e isso despertou o nosso interesse nos seus pequenos detalhes. Aliado ao nosso interesse gráfico, produzimos este artefacto editorial, que consistiu num intenso registo fotográfico dos pormenores da cidade, servindo de inspiração para a criação de todos os nossos padrões. É a compilação física de todos os padrões, que se torna na nossa “bíblia” de inspiração para a marca Arquétipo, que surge em 2015. Produtos de papelaria com padrões inspirados na Invicta, mas sempre criados por nós, com detalhes gráficos e físicos em cada produto. O foco no Arquétipo era a experiência do nosso público com a história. Quer através da cidade como das técnicas tradicionais que prezávamos na confeção de cada produto. Era importante para nós criar esta relação. Começamos com uma agenda, porque entendemos que o papel é valorizado, cada vez mais. Pode ser por menos pessoas, mas quem o tem como opção valoriza-o mais. E uma agenda acompanha 365 dias, notas, pensamentos, esboços, etc. Daí surgiram outros produtos, com propósitos e soluções diferentes, mas mantendo sempre o conceito. Depois da evolução quer do Arquétipo, quer das nossas vidas pessoais (de estudantes a profissionais, e tudo o que isso implica), a equipa passou a dois elementos, que conciliam os seus empregos como designers noutras empresas, e fora de horas, mas ainda com mais paixão este projeto. O Inusitado, surge nesta linha temporal e com esta história (já crescida! Nem nós temos esta noção), mas com a necessidade de uma lufada de ar fresco. Um conceito que preza sempre o papel e a experiência do papel, essencialmente. Com uma exploração gráfica mais aberta, com novos padrões e inspirações, cidades e cor! No Arquétipo assumimos o monocromático, e pontualmente a cor, em produtos especiais. No Inusitado interessa-nos explorar a cor, a relação dela, as palavras, o papel, o formato, a interação, isto tudo. Sempre através de técnicas tradicionais - trabalhamos com artesãos experientes, com quem aprendemos imenso e têm paciência com as nossas loucas ideias!

3 _ O que acham que na Inusitado se destaca? Existe algum conceito central / identidade para tudo o que fazem (a nível gráfico ou até mesmo de história da marca)?

Encaramos o Inusitado como uma exploração gráfica, que se destaca pela relação entre papel e design que nos interessa desenvolver. Em conjunto com as técnicas tradicionais, como a encadernação, a costura, o corte do papel, a dobragem, a estampagem, tudo isso que torna cada produto único - único mesmo porque é impossível um produto ficar 100% igual ao outro, e nem é isso que se pretende - criando peças exclusivas nos seus acabamentos. Inusitado também vem desta ideia, deste conceito. De algo nosso, de valor, exclusivo, raro como estes valores que defendemos.

4 _ Desde uns anos para cá, tenho visto um aumento significativo de marcas totalmente dedicadas a estacionário, paper goodies... Inclusivamente, um aumento também de lojas unicamente dedicadas a isso, como a Present & Correct, Paper Smiths, Papier Tigre...! Acham que é tudo devido à crescente vontade de desligarmos do que é virtual? Ou acham que virou de alguma forma uma moda? Ou simplesmente, existia uma procura que não estava a ter resposta?

Sem dúvida uma vontade de desligarmos do que é virtual, de usufruir do termo slower. Uma vontade de abrandar o ritmo, e viver - nem que sejam momentos - ao nosso ritmo. E o ato intimista do papel, a relação que se cria com ele. No ato de escrever, de folhear, de esboçar, de dar “volta às ideias”, e riscar, rasurar, reescrever vezes sem conta. E, interessante, como ficam os registos. Por vezes relemos, por outras escrevemos novamente por cima. Infinitas possibilidades, que nos transportam para outro tempo, o nosso, connosco, e com o papel, uma matéria fascinante. Sentimos a necessidade do papel, do físico, num mundo tão digital. Não queremos que nenhum substitua o outro, porque o digital tem imensas funcionalidades, diferentes, e é aí que achamos que se complementam e coexistem!

5 _ Para já, vocês claramente apostaram num suporte base: o caderno (obviamente, depois desdobrado também em agenda). Mas... será que no futuro, a Inusitado fará outro suportes e irá oferecer mais paper goodies? É uma ideia que têm em mente? E colaborações? Estou super interessada em saber o que será o futuro da vossa marca, logo, deixem algumas pistas no ar!

Temos imensas ideias para o Inusitado!! Queremos muito explorar a relação entre o papel e o design, e a experiência com o público. É importante para nós esta relação também. As nossas agendas já refletem essa abordagem. Com a opção de adaptarem o produto da melhor forma, à vossa forma. A edição dos pigmentos também, onde através de uma palavra e de um ambiente criado - através da cor, do papel, da linha - orientamos os três cadernos. Que se complementam e criam uma outra experiência juntos. Achamos que, essencialmente, é isso. Relação. Design, papel, pessoas. E isso responde à questão de mais paper goodies e de potenciais colaborações, quer com criativos ou até o nosso público.

Comments

  1. Adorei tão boas dicas !!
    Novo post : https://ritacheeksandfreckles.blogspot.pt/2018/01/grow-healthy-hair.html
    Beijinhos ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada! Fico feliz que tenhas gostado! :D

      Delete
  2. obrigada pelo comentário <3
    uau, não conhecia, vou já ver o site :D

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ReplyDelete
  3. Nunca fui pessoa de fazer listas! O meu namorado pelo contrário é obcecado com to do lists! Até tou sempre a gozar com ele ahha! x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ahaha, eu faço! Ajuda-me a ter noção de como vai ser o meu dia! :)

      Delete
  4. Obrigado, querida!! Entendo perfeitamente :P Eu entretanto já troquei o meu :P

    Adoro :o Por acaso não conhecia mas sou fã deste género de coisas :D Aliás, não passo sem organizar tudo e mais alguma coisa!

    NEW DECOR POST | PANTONE ULTRAVIOLET: COSMIC COLOR ON DECOR. :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu até mandei vir um hidratante da The Ordinary mas não é suficientemente hidratante...vai ter de ficar para o Verão! x'D
      Eu também!! Eu tenho taaaanto cadernos aqui, e alguns feitos cá em Portugal! :D
      Beijinho*

      Delete
  5. Não sou muito de fazer lista.
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ReplyDelete
  6. Gostei de ler este post, muito interessante. O caderno é simples mas bem giro. Gostei.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada! A Inusitado tem coisa muito bonitas e bem feitas! :D

      Delete
  7. Eu tenho agenda para as aulas mas fora isso não tenho por hábito usar!!

    Novos posts: https://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/

    Beijinhos ♥

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu por acaso uso até para organizar o trabalho!
      Beijinho*

      Delete
  8. Já há uns anos que a memória já não é a mesma da adolescência, então faço listas para tudo porque o mais provável é que me venha a esquecer. São uma grande ajuda para o meu dia a dia, para as coisas da casa, do blog e das aulas =)

    MRS. MARGOT

    ReplyDelete
    Replies
    1. Exactamente como eu! Antigamente lembrava-me de todas as minhas tarefas, mas agora tenho alguma dificuldade então... faço sempre listas! :D

      Delete
  9. The pics are beautiful! Thanks for sharing this amazing post:)

    Visit me at:
    Shoot for the stars

    ReplyDelete
  10. adorei o caderno e não conhecia a marca mas adorei as respostas das duas meninas :)
    quanto a listas eu adoro faze-las mas costumo faze-las num papel solto e depois deito fora. agora que penso nisso é uma otima ideia fazer num caderno para podermos sentir uma sensação de gratificação quando chegamos ao fim com tudo ou quase tudo cumprido
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh eu também! Achei que responderam tão bem :D
      Pois, eu faço imensas listas, sobretudo com datas, porque torna-se difícil lembrar-me de tudo tudo hoje em dia. E lá está, prefiro fazer em cadernos porque assim andam sempre comigo e depois... poderes chegar ao fim e ver que fizeste tudo sabe tão bem! :D
      Beijinho*

      Delete
  11. Obrigada por me dares a conhecer marcas tão incríveis babe! Novamente, mais um projecto absolutamente mimoso. Parabéns pelo conteúdo, dá-me um gozo enorme ler-te!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // Ganha um giftcard de 35€ na Sephora!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh não sabes como isso me deixa feliz! :D Assim tenho motivação para continuar. Obrigada!!! :D

      Delete
  12. Ganhei um imenso amor a uma vida organizada e a uma rotina estabelecida. Adoro a minha agenda e preciso sempre dele!
    Adorei conhecer esta marca, mesmo maravilhosa!
    Beijinhos
    Sara Meireles
    https://blogsarameireles.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tal como eu :D Fico feliz que tenhas gostado de conhecer esta marca! :D

      Delete
  13. Que lindo! Adorei. Eu uso uma agenda
    Beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu já usei mais uma agenda! :D Prefiro cadernos e ter a liberdade de criar a minha própria agenda!

      Delete
  14. Ficou louca por este post porque adoro cadernos e afins, organização! Ah :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh que bom! Fico feliz que tenhas gostado! :D

      Delete
  15. Para começar, adoro as tuas fotografias! Eu por acaso adoptei o modelo bullet journal (+/- vá, que caligrafia e desenho não é bem comigo ahahah) e por enquanto é o que funciona mesmo comigo e gosto! Acabo por implementar as "to do lists" na mesma. Mas adoro marcas nacionais, anda aí muuuita coisinha boa :)
    Obrigada por dares a conehcer estas coisas.
    Beijinhos

    Automatic Destiny

    ReplyDelete
    Replies
    1. Por acaso já cheguei a ver vídeos no Youtube sobre Bullet Journal para entender se ia resultar comigo, mas achei que era muito demorado, então prefiro ir criando listas e até tabelas quando necessito de mais atenção no que vou fazer durante a semana! :) E obrigada por teres gostado das fotografias :D Fico mesmo feliz com o feedback positivo!

      Delete
  16. You nailed it Ana!

    I am obsessed with making to do list since I was a student and is a daily habit I try to incorporate in every task of the day, especially when I need to clear my mind and my goals for the week/days. Love also that you promote new brands to us!

    Pablo
    HEY FUNGI 

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh thank you! :D It's exactly like me! Thoughout the time I experimented different ways to do lists, from agenda to bullet journal! But still I prefer to do a list of things every single week and go with the flow! :D

      Delete
  17. Eu não vivo sem a minha agenda.. adoro-a! :)

    The Glitter DoorInstagramFacebook

    ReplyDelete

Post a Comment